15/02/2010

We are The World 25 for Haiti

01/02/2010

Artistas regravam “We are the world” nesta segunda-feira (1º)





Vinte e cinco anos depois que o hino “We are the world” cantado por dezenas de estrelas conseguiu arrecadar milhões de dólares para a luta contra a fome na África, celebridades da nova geração se reúnem nesta segunda-feira (1º) para regravar a música em prol do Haiti.


Entre os músicos confirmados para cantar na nova versão da faixa estão Jason Mraz, Wyclef Jean, Carlos Santana, Enrique Iglesias, Usher, Toni Braxton. A sessão vai acontecer no mesmo estúdio onde foi gravada a música original – o histórico complexo A&M em Hollywood.

Quincy Jones, que produziu o hino de 1985, anunciou na última semana que planejava regravar a canção em benefício do Haiti, atingido por um terremoto devastador no dia 12 de janeiro.

A sessão era um dos principais assuntos nas festas pós-Grammy, na noite deste domingo (31). O produtor musical RedOne disse que receber o convite para participar do single “é a maior honra que um músico pode ter”

“Com Quincy, nosso padrinho musical (...) e Lionel Richie me convidando para contribuir e ajudar, eu só poderias dizer sim, porque isso não é para mim”, explica. “É pelo Haiti”. 







Escrita por Michael Jackson e Richie, a versão original de “We are the world” chegou ao topo das paradas quando foi lançada nas rádios e lojas de discos em março de 1985. 

Um número sem precedentes de estrelas da música se reuniu no A&M na noite de 28 de janeiro de 1985, logo após o American Music Awards, para gravar a faixa. A música teve a participação de 45 artistas, incluindo Jackson, Richie, Stevie Wonder, Tina Turner, Ray Charles, Bruce Springsteen, Diana Ross, Bob Dylan e Cyndi Lauper. 

O single arrecadou mais de US$ 30 milhões para a USA for Africa, uma organização sem fins lucrativos fundada pelos cantores para ajudar no combate à fome em nações africanas.

Fonte: G1

Beyoncé é a grande Vencedora do Grammy 2010, mas a estrela da noite foi Michael Jackson

Em noite de homenagem a Michael Jackson e apresentação de Lady Gaga, na 52ª edição do Grammy, ninguém brilhou mais que Beyoncé. Foi a que levou mais prêmios para casa: seis dos dez troféus aos quais concorria na principal premiação da música. No início do Grammy Awards, o maior evento da música mundial, o público que lotava o Staples Center, em Los Angeles, tinha apenas uma certeza: esse seria o Grammy mais pop já visto em toda a sua história. Não deu outra.
Beyoncé faturou nas categorias Melhor Música do Ano, Melhor Performance Vocal Feminina de R&B e Melhor Música de R&B pelo hit “Single ladies (Put a ring on it)”. A estrela levou ainda os troféus de Melhor Cantora de Música Pop, por “Halo”, Melhor Performance Vocal Tradicional de R&B, com “At last”, e Melhor Álbum de R&B Contemporâneo, pelo CD “I am… Sasha fierce”. A popstar só não foi absoluta porque perdeu para a cantora Taylor Swift, de apenas 20 anos, o prêmio de Melhor Álbum.
Taylor também abocanhou outros três Grammys nas categorias de música country. Taylor Swift teve uma noite quase perfeita na premiação do 52º Grammy. A cantora venceu em quatro categorias, incluindo um dos maiores prêmioa da noite, Melhor Álbum, por Fearless. Porém, na hora de posar para as fotos, ela se enrolou e deixou um deles cair no chão, que acabou se quebrando. A loira conseguiu ainda levar para casa troféu de Melhor Disco Country, e Melhor Performance Vocal Country pela música White Horse, a mesma faixa que deu a ela o prêmio de Melhor Canção Country.


Já o grupo Black Eyed Peas venceu na categoria Melhor Álbum Pop, e Lady Gaga conquistou o prêmio de Melhor CD Eletrônico. Lady Gaga ganhou dois prêmios Grammy na noite de domingo (31.01.2010), o de Melhor Gravação Dance com Poker Face e de Melhor Álbum Dance com The Fame, mas o que chamou mesmo a atenção do público foram os figurinos que a cantora usou na festa. Gaga chegou com uma roupa estilo fada futurística, com um sapato que desafiava a lei da gravidade e foi trocando de roupa de acordo com as etapas da festa. Ao apresentar um dueto da canção Your Song com Elton John, usou um maiô verde cavado com ombreiras gigantes e manchas de sujeira preta nas pernas, nos braços e no rosto. Para receber os prêmios Gaga usou um vestido e um chapéu prateado ambos cheio de pontas e figuras geométricas. O figurino de Gaga definitivamente foi um show à parte.

Momento alto da cerimônia Grammy Awards 2010
Durante a cerimônia, houve um tributo especial para Michael Jackson, em 3-D, onde foi apresentado um vídeo de sua música "Earth Song" enquanto cantavam ao vivo Usher, Carrie Underwood, Celine Dion, Jennifer Hudson e Smokey Robinson. Os filhos de Jackson, Prince e Paris, receberam um prêmio pela trajetória de seu falecido pai. Prince e Paris estavam visivelmente emocionados.
Prince, com 12 anos de idade mostrou grande maturidade.


Prince: "Obrigado. Estamos orgulhosos de estar aqui para receber este prémio em nome do nosso pai, Michael Jackson. Em primeiro lugar, agradecer a Deus por cuidar de nós durante os últimos sete meses e à nossa avó e nosso avô pelo seu amor e apoio. Gostaríamos também de agradecer aos fãs, nosso pai amava-os muito, porque vocês sempre estiveram lá para ele. Nosso pai estava sempre preocupado com o planeta e a humanidade. Trabalhou duro de coração para ajudar na caridade... Nas suas músicas a mensagem era simples: o amor. Continuaremos a divulgar a sua mensagem e ajudar o mundo. Obrigado. Papa, nós te amamos."


Paris: "Papa deveria estar aqui, ele deveria se apresentar aqui esse ano, mas não pôde por causa do ano passado. Obrigada! Nós te amamos papa!"

A lista completa dos Ganhadores esta no site oficial: Grammy 2010