19/04/2011

Debaixo de Chuva

Começou leve e serena, seu rosto avistava de longe, andando em passos lentos e de repente tão perto.. será que eu desperto seu instinto? eu protegido da chuva, vendo os gotas tocarem sua lânguida face, um sensual de natureza.

Tão logo procuro uma proteção maior, para que a chuva se encarregue do resto.. resto? poderia chamar de resto tua presença, uma presença antes nunca existida? imagem tênue que tomou conta da minha noite de chuva e foi se tornando de importância descritiva.
Fiquei cego com a proximidade, atento a sinergia; ligados pela chuva mas tão logo separados pelo tempo.

"São  dois lados da mesma viagem, o trem que chega é o mesmo trem da partida.." Maria Rita (M. Nascimento E F. Brant)

Sorrisos, sonhos e desejos

Cansado de sorrisos amarelos, encantado por olhares de desejos correspondidos;
Cansado de dormir, amarrado nos lençóis desejando um minuto a mais..
Cansado de desejar; eu quero gritar com minhas palavras por um sorriso, por um sonho.

"Eu quero a sorte de um amor tranquilo, com sabor de fruta mordida.." (Cazuza)

05/04/2011

As Donas..

Voou para nossos pensamentos,
seus elogios ficaram nos nossos sorrisos, sua dedicação à família ficará nos corações daqueles que foram cuidados e cuidaram com dedicação para que nada lhes faltasse.. os papéis se inverteram mas os sentimentos nunca.
Defeitos?! todos temos.. o tempo acalenta, que fique por culpa da cultura do tempo. Tempo...
Mulheres.. Mães.. Amigas.. Avós..
Ahh que falta fazem.. que falta faz a implicância, que falta faz o abraço
voou.. voou para nossos pensamentos  

P.S.: Pensamento dedicado a "Dona Mocinha" e a "Dona Iracy"


"Perder, dói! Não adianta dizer NÃO SOFRA, NÃO CHORE; só não podemos ficar parados no tempo chorando nossa dor diante das nossas perdas." [Lya Luft]