27/06/2011

Ruas da Música

Ruas vazias como meu coração nesta cidade, soa a música que me faz dançar e sigo até meu ponto, sambando e seguindo; se surge alguém logo muda de calçada e dobra na primeira esquina, as meninas de esquina me enxergam então sigo na dança, mais um compasso e minha rua muda de sentido.

Aguardo pela condução, fixo na sua condução e que sedução..
Subindo ao som do grave, na passada de timbre a plateia sentada para o show segue no mesmo balanço, é inevitável.. melodia melodramática e alucinante, no silêncio ninguém! a vida toca, vibra e modela.

Dança juntinho, mais que um ritmo um estribilho, uma estrofe eletrizante, espero sempre que me conduzas na condução, na ilusão, tilintando paro, finalizo e sigo.

Ruas vazias, meus passos nesta cidade.
Postar um comentário