22/11/2011

Inconstâncias


Eu verdadeiramente não sei se tenho medo da liberdade, talvez seja mais receio pelos seres que vivem lá. Me pergunto se tenho medo de mim, mas não.. no fundo sempre soube que quem sou sempre fez a diferença; busquei asas quando sempre tive pena de usar a força da voz para dar o impulso que sempre faltou.


Quanto mais me sentia certo, mais as inconstâncias me olhavam, encaravam de uma forma que as desculpas já não surtiam efeito, entendimento busquei para que de uma forma soubesse que sempre terei defeitos, que as pessoas sempre terão suas limitações.

Quando gostar de alguém, aceite-a de coração! a vida passa muito rápido para que desistas de tentar..

Parece um pouco de individualismo, mas acredito que vá mais além do que a simples busca; estou seguindo o norte dos instintos de realização e os "porquês" tento deixar para depois, tentar ser feliz me toma muito tempo, esta felicidade tem como pilar a presença do amor.. compartilhar o natural; e você estaria pronto para o natural?!

"Já cansei desse meu coração sem graçaEssa noite vou acabar com essa história e recomeçar tudo de novoGosto de manter minhas questões importantesEstá sempre mais escuro antes da madrugada" (Shake It Out - Florence+The Machine)
Postar um comentário