08/11/2011

Tentações dos Navegantes

Surge quando não se pode, ou não se pode porque existe?! tentação, uma 'ingênua' imagem sorridente que surge a cada olhar, como Iara que enfeitiça os navegantes que se perdem ao tentar encontrar seu caminho..

Ligados, juntos por sentimentos bons, à sua tentação eu não resisto, escolho não resistir e assim mergulhar, sem saber nadar, sem respirar, sem se importar.. Cuide de mim enquanto carrega-me, faça com que não seja preciso abrir os olhos, faça-me até imaginar que tudo o que acontece não terá fim. *"que seja eterno enquanto dure"

E se eu voltar a margem da praia que as tentações sejam ofuscadas pelas suas imagens, que o sol traga um sorriso que tal sentido só nós saberemos, que eu esteja em seus braços como o sol no horizonte, que minha mente esteja ligada à sua quando o frio da brisa da noite chegar e que não falte um belo dia de sol num próximo amanhã, num próximo pôr do sol, ao amanhecer..

Lugar qualquer não exista para nossos abraços, mas que exista abraços para lugar algum; que haja beijos para o silêncio e que haja conversa na ausência de tua pele.


*Trecho do Soneto de Fidelidade de Vinícios de Moraes
Postar um comentário