06/12/2011

Alcançar

Por mais que eu dê reviravoltas talvez eu nunca tenha o que eu quero.. talvez alcançar algo não seja a resposta. Enquanto espero, ajo como um louco por dentro, neste momento se visse através de meus olhos veria que a reflexão queima numa chama incessante de querer contra o oceano do dever; poder.. de força ou ação?

Vejo pela janela da alma a simplicidade dos sentimentos sem pecado, pecado foi o limite da vergonha criada por estar vivo e sobre o limite para poder se sobressair sobre a ignorância alheia de se sentir livre.

Ao piscar dos olhos respiro a compreensão, ao expirar inspiro a paciência de quem já não pode mudar nada ao redor de si, senão a si mesmo. Pegar pelos ombros e chacoalhar alguém seria uma saída, seria chamado de louco, mas louco eu sou, esse alguém só não conseguiria ver através de meus olhos.





"Perto o suficiente para iniciar uma guerra,
Tudo o que eu tenho está no chão,
Só Deus sabe o porquê de estarmos lutando,
Tudo o que eu digo, você sempre diz mais,
Eu não posso continuar com essas reviravoltas,
Controlada por você, não consigo respirar." (Turning Tables - Adele)
Postar um comentário