24/03/2012

A Vida Aponta

Como falar tudo sem correr riscos ou se arrepender? Essa linha tênue que criamos de receio para não nos ferirmos, viver é um risco. Eu não posso me conter por receios passados, a vida me aponta sempre a frente, é pra frente que se anda, mudar de direção só se for em alguma esquina do coração.

Andei a toa, sem sentido, atento.

Em meio a tantas artimanhas traçadas no passado vi que posso me surpreender com o que realmente posso ter a chance de viver, e que busca maior seria a nossa senão a de viver?.. viver; viver algo novo.. perpétuo, passageiro.. feliz.

Nos seus olhos me perco, mergulho no seu sorriso e a vontade de avançar começa a insinuar que está cada vez mais presente em minha mente; vem uma vontade de estar perto, ver e ouvir seu sorriso, por alguns segundos ficarmos perdidos no silêncio do que não ter o que falar, mas não me preocupo porque ao nos olharmos não existe vazio.


"O amor que hoje eu levo
Dentro do meu peito
É o meu maior presente
O amor que me faz cantar
Que me leva a qualquer lugar, o amor" (Meu Maior Presente - Ivete Sangalo)

15/03/2012

Moda Moderna

Brigitte Bardot, ícone dos anos 50 e 60.
A moda constitui um tempo, um futuro presente a mente, capaz de dar segurança e estima.
Seja a moda de vestuário, música, cabelo ou cor.. quem é incapaz de perceber a importância da arte que é criada dia a dia é sucumbido a esta, e sem sentir blasfema envolto de um passado determinado e escolhido, como se o passado não tivesse sido constituído da arte e moda de um tempo.

O louco chegará a ser modesto, o clássico será reformulado e todo este tempo será lembrado como "Trash". Uma sociedade e seus costumes são influenciados pelo que se vê na TV, no cinema, nos outdoors, na arquitetura, no rádio e na imaginação do novo.

Atire a primeira pedra quem nunca usou calça blue jeans na altura da cintura, sapatos masculinos com aqueles "sininhos" de couro ou a própria calça boca de sino; ouvia (e dançava) a "dança da garrafa" e macarena; bigode foi sinônimo de respeito e ser "macho". Lógico que independente do tempo bom senso se tem ou não, fato.

Dizer que um modelo social é o certo está longe de ser evolutivo, muito além de palavras, evoluir e modernizar é acompanhar as mudanças que trazem o bem e a felicidade de pertencer aos dias em que se vive.

O crítico de hoje torna-se vítima de si. Conviver com um passado é melhor que nunca o ter vivido, viva e tenha ação, vista sua realidade e saia às ruas com seus sonhos e seu poder.

Mude o penteado, mude as músicas do seu celular, mude de lugar, mude, modernize.

Leia, assista o clássico, aprenda com o que passou.

Tudo muda.. modernize, crie, respeite, compreenda, seja.

08/03/2012

Desconhecimento

Tenho que fechar os olhos..
Mais uma vez fechar os olhos para o horizonte.. vê-lo em um próximo amanhecer ou entardecer do dia.

Tento não ser um desconhecido, sempre, e quando mantenho a distância, mantenho quem sou; desconheça-me por um minuto e acharás que nunca me conheceu, tolo raciocínio, tola distância criada. A imagem se tornou mais importante que os sentidos, chorar se tornou fraqueza e todas as infinitas simplicidades sem importância.

Com os olhos fechados posso ouvir melhor, falar menos.. caminhar se tornou difícil, socializar se tornou sufocante; já posso ficar um pouco em silêncio? sentar neste lugar e respirar? não quero falar ou para de respirar.




"Entenda as coisas que eu digo,
Não vire as costas para mim
Porque eu passei metade da minha vida lá fora,
Você não faria diferente
Você me compreende?
Você gosta de mim? Você gosta de mim ficando lá? [...]
Alguém se importa?" (Ode To My Family - The Cranberries)

07/03/2012

Titanium - David Guetta ft. Sia

Não teve outra forma.. Viciei na música e tive que postar! rs




Tradução:


Você grita altoMas eu não ouço uma palavra do que você dizEu estou falando alto sem dizer muita coisaFui criticada, mas as suas balas ricocheteiamVocê atira em mim, mas eu levanto
(Refrão)Sou à prova de balas, não tenho nada a perderAtire, atireRicocheteia, mireAtire, atireVocê atira em mim, mas eu não caioSou feita de titânioVocê atira em mim, mas eu não caioSou feita de titânio
Pode acabar comigoMas você é quem terá mais para sofrerCidade fantasma, amor mal-assombradoErga a voz, paus e pedras podem me quebrar os ossosEstou falando alto, mas não estou dizendo muita coisa
(refrão)
Dura como pedra, metralhadoraAtirando naqueles que se erguemDura como pedra, como vidro à prova de balas
(refrão)

01/03/2012

Ferro Ferido

Gostaria de ter todas as respostas, zerar o jogo, conhecer o caminho; ver por frações de segundos nossos lábios a encontrarem-se, juntar fogo e ar a cada instante.

Como uma máquina, o tempo faz mudanças em nosso corpo e mente; tudo que espero é que não veja-me como máquina em tempos de obsolescência, ao menos espero não despertar tal sentimento, que encerres o processo, volte e aperte o botão off.

Basta estar num lugar onde "política" perdeu seu total sentido, estar largado numa cidade onde não consigo mover-me dentro do transporte e pagar caro por ser levado entre distâncias sufocantes.

São conceitos distorcidos dentro de uma vida inteira construída com expectativas 'supra-sumo' que distorce do passado social de alicerces mentirosos, hipócritas, fingidos, controlados, reprimidos numa onda de perfeição que fogem totalmente a natureza humana de ser errante e único.

Escolhas; está é a questão enquanto vivemos, pensamos e agimos, não enquanto sentimos e amamos.


"Amanhã vai chegar
E eu vou fazer o que é certo
Apenas me dê até lá
Para eu desistir desta luta" (I Can't Make You Love Me - Adele)