08/05/2012

Me Abrace

Me abrace, segura meu mundo por um instante..
Tenho uma certa necessidade do abraço, de um abraço amigo, carinhoso.

Me abraça, me deseje, me deixe em segurança..
Tenho uma certa necessidade do abraço aconchegante, intimista, com uma certa velocidade.
Abraçar é uma forma de se chegar, se perder, se achar..

Se estiver triste me abrace, se sentir-se feliz me abrace, se chorar me abrace, se for embora me abrace e me abrace ao chegar, me abrace pela vitória mas me abrace mais forte na derrota, me abrace sem porquês, me abrace e me abrace.

A falta que um abraço faz é falta que um braço faz, a falta que um abraço faz é a falta que de mim não sai, um vazio, um doce desejado, um salgado nunca provado. A cada segundo sentado em meu canto balanço o pé numa frequência pela ausência.. num canto de saudade, com um cálice nas mãos, com os olhos apontados para o chão. Vem e me abrace.

A falta que a mim fazes é a falta que em mim existe, de viver, de abraçar.
Postar um comentário