14/11/2017

De Longe

Gostaria de te descobrir como quem descobre um continente.
Gostaria de cessar sua guerra como quem levanta uma bandeira branca.
Gostaria de te regar como quem planta uma árvore de troncos fortes.

Não posso. Não posso.

Gostaria de ser mais para ser tudo.
Gostaria de ser nada para não querer ser todos os desejos que não alcanço.

Postar um comentário