14/06/2012

Eu e Eu Mesmo

Nem que eu ficasse em carne viva você entenderia o que sinto.
Tanta coisa em comum, tantas horas de conversa e hoje estamos em silêncio, gastamos todas as palavras ou nem precisamos mais delas pra saber que não chegaríamos onde você não quis?

Inocente destino (?), tão grande e tão criança..
Eu e eu mesmo, uma parceria de altos e baixos, o inesperado com o confortante, o confiante e o indeciso.

Colocaram freios em minha respiração, já não são suspiros, são travas.


"Eu tava aqui pensando em tudo mais menos você 
E achei tão engraçado ter prestado atenção 
Na sua distraída intenção de me entender 
Como se já soubesse a chave da minha prisão" (Você não poderia surgir agora - Roberta Sá)
Postar um comentário